terça-feira, 21 de janeiro de 2014

A capacidade e o papel do jovem




"Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes, e já vencestes o maligno e a Palavra de Deus habita em vós." 1 Jo.2.14





A juventude é a maior força do mundo. Parte do que há no mundo gira em torno da força e dos ideais do jovem. Pensar um mundo sem jovens seria pensar um mundo sem sonhos, sem força e sem cor. Seria como imaginarmos um quadro antigo do mundo em preto e branco. Não teria graça e nem sentido. Não teríamos presente e nem futuro... só o passado numa tela quase escura...

No primeiro século de história do Cristianismo, o apóstolo João ao escrever aos jovens da Igreja que estava espalhada pelo mundo de então, reconhecia essa força e capacidade que o jovem tinha... “Eu vos escrevi, jovens, porque sois fortes...” Ele não só reconhecia essa força, mas, também, a atribuía ao fato de que a Palavra de Deus habitasse nesse jovem e que por causa disso, esse jovem era capaz de vencer até o maligno...


O apóstolo bem que sabia as lutas e desafios que o jovem já enfrentava naqueles tempos. De fato, não era nada fácil manter-se cristão num mundo que já buscava a valorização do Eu e que negava através de falsos ensinos a encarnação de Cristo. Mas, não obstante, João, o apóstolo mais velho do primeiro século da Igreja, reconhecia e respeitava a força, a capacidade e o papel que o jovem desempenhava na Igreja e na sociedade como um todo... “já vencestes o maligno e a Palavra de Deus habita em vós...”


Como está faltando em nossos dias pessoas que possam acreditar na força e na capacidade dos jovens; É com pesar que vejo os jovens desta geração sendo destruídos nas drogas...é com tristeza que pelas ruas das cidades e shoppings,muitas vezes, os confundo com objetos eletrônicos...ficam horas e horas grudados neles...é como se o sistema capitalista quiserem podar-lhe o direito de pensar pelo hipnotismo de consumirem mídia; Como é decepcionante vê-los inertes diante de um mundo que clama por dias melhores...não posso entender o porque de terem a sua capacidade subestimada e o seu papel ignorado até mesmo dentro das igrejas...

Se, de fato, o jovem é forte e já venceu o maligno pela Palavra de Deus que habita nele, como pode a Igreja consentir que esse mesmo jovem, deixe envelhecer os seus sonhos, perca a visão de futuro e frustrado desista de sua vocação?

Durante 25 anos na igreja já vi e experimentei muito desta realidade. O que tenho percebido é que o papel e a capacidade do jovem na igreja precisam ser repensados. É preciso que esse jovem seja mais valorizado e colocado em evidência em seu papel na igreja e na sociedade. É preciso estimulá-lo ao estudo e à preparação teológica. E, não só isso, é preciso aproveitá-lo mais no serviço da Igreja, ordená-lo ao santo ministério e confiar mais em sua capacidade e força.


Chega de acharmos que os jovens são sinônimos de fraqueza. Que eles não resistem à carne e que o diabo e as tentações só encontram e atacam eles.

Por outro lado, jovem, você precisa acordar. Acreditar em Deus, na Sua Palavra e na força que há em você, como consequência disto.

Levante-se, agora. A Palavra de Deus habita em você. E por isso você tem vencido o maligno. Você tem um papel importante nesta geração que só você poderá desempenhá-lo, jovem. Creia, uma história se escreve com sonhos e visão de quem acredita na força e na capacidade que vem de Deus para a realização de seu papel.

Não conheço parceria mais eficaz na realização dos nossos sonhos do que a fé em Deus, a força de vontade e o trabalho.

Marizan Di Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUEM LEU?